Rômulo Saraiva

O escritório foi criado por Rômulo Pedrosa Saraiva, credenciado na Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Pernambuco, em 1973, com especialização, atualmente, nos ramos dos direitos civil, trabalhista e previdenciário.​ Durante esses anos o escritório tem se dedicado ao contencioso judicial e administrativo. Atua em parceria com escritórios de advocacia e advogados de todo o país.​

Sediado na área central do Recife, próximo ao polo jurídico e administrativo da cidade, atende com agilidade e ética os interesses dos seus clientes, buscando soluções jurídicas rápidas e eficientes.

contribuição previdenciária na aposentadoria

A importância de uma boa conversa

Às vezes o cliente quer ser atendido com praticidade e rapidez apenas com o envio do documento por e-mail, para análise do advogado. E tal situação é suficiente em várias situações, quando é possível identificar um direito com a análise dos documentos.

No entanto, em outras vezes, é importante uma boa conversa para saber detalhes do histórico de vida e/ou profissional. Os detalhes podem fazem toda diferença na hora de preparar o início de uma discussão jurídica. Têm situações que o direito se encontra “encoberto”, escondido em memórias pessoais, fatos ou documentos, que precisam ser elucidados depois de uma boa conversa. Em tais situações, o escritório faz questão de oferecer um cafezinho e ouvir toda a história do cliente.

Como vou pagar os honorários?

Os honorários advocatícios costumam ser precificados de acordo com a complexidade do caso, o tempo estimado de duração, a qualidade do direito e das provas e a tabela da OAB.
Normalmente, o valor dos honorários advocatícios são fixados conforme a recomendação da OAB.
O escritório costuma trazer uma vantagem financeira e em cima desse valor se cobra os honorários.
Poucos são os casos em que há necessidade de cobrança antecipada, o que também é autorizado pela OAB.
No caso de demandas com trato sucessivo, a exemplo das demandas previdenciárias, é corriqueiro cobrar os honorários de 30% sobre as parcelas vencidas e vincendas.

Conheça nosso escritório

Compre agora meu livro

FRAUDE NOS FUNDOS DE PENSÃO

O livro fala como a corrupção no Brasil pode comprometer o recebimento da aposentadoria das Entidades Fechadas de Previdência Complementar. Esses fundos de pensão movimentam cerca de R$ 1 trilhão de reais por ano em investimentos, que normalmente são submetidos aos riscos inerentes do mercado financeiro. As operações Lava Jato e Greenfield revelaram que os maiores fundos de pensão brasileiros possuem vulnerabilidades preocupantes e tiveram seus dirigentes envolvidos em gestões fraudulenta e temerária, utilizando o artifício de propositalmente distorcer a avaliação de risco para justificar desvios milionários de ativos e supervalorização irreal.

Fraude nos Fundos de Pensão, com uma linguagem acessível e objetiva, explica como a supervalorização de ativos pode corromper a saúde financeira das entidades fechadas de previdência complementar e trazer consequências danosas, a exemplo do equacionamento, concretizado na forma da majoração da contribuição previdenciária de quem está em atividade ou na minoração da renda de quem já se encontra aposentado.

Jurista, professor e ex-Procurador Geral da República do Brasil

Traga sua causa para nosso escritório

Contate Rômulo Saraiva em outra cidade ou fora do Brasil:

Saraiva Advogados Associados, pode agendar para ter um atendimento presencial, por telefone, whatsapp ou videoconferência. Para isso, precisa marcar um horário no contato dos agendamentos.

×